Prometida avaliação de ETAR em Leiria

O governador civil de Leiria prometeu ontem uma avaliação de impacto ambiental sobre a localização de uma nova estação de tratamento de águas residuais (ETAR) para o sector suinícola, que tem sido criticada pela população de Amor.”A localização da ETAR será aquela que decorrer das conclusões do estudo de impacto ambiental”, prometeu José Miguel Medeiros, citado pela Lusa, após uma reunião da comissão de acompanhamento do processo de despoluição das suiniculturas da região. Recentemente, os moradores da freguesia de Amor manifestaram-se contra a escolha deste lugar para instalar a ETAR que irá receber os efluentes suinícolas do concelho, a maior parte pertencentes a explorações nas freguesias dos Milagres, Regueira de Pontes e Bidoeira.
O estudo de impacto deverá estar concluído no final do mês mas, para garantir “maior transparência” no processo e “evitar especulações e populismos facilmente agitáveis”, a comissão determinou uma avaliação técnica que sustente a escolha do local. Mais de 70 por cento da poluição do rio Lis é causada pelas suiniculturas e o modelo técnico prevê a concentração dos dejectos numa grande ETAR, onde será produzida energia eléctrica a partir do biogás, com a venda para a agricultura das lamas com alto grau de azoto e fósforo.

Fonte: in site Público

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s