Cadeia por tentar matar namorado

A mulher que perfurou um pulmão do companheiro com uma facada, durante uma discussão com muito álcool à mistura, em agosto do ano passado, foi ontem condenada pelo Tribunal de Leiria a quatro anos de prisão por homicídio na forma tentada. A arguida, Cátia Silva, de 34 anos, que acompanhou a leitura do acórdão através de videoconferência a partir da cadeia de Tires, terá ainda de pagar a despesa de tratamento da vítima, no valor de 1240 euros, ao Centro Hospitalar de Leiria. O Tribunal deu como provados os factos descritos na acusação e não acreditou nas palavras da arguida, quando pediu “desculpa” pelo seu comportamento e afirmou que “só queria assustar” o companheiro, Paulo Bento, de 39 anos. “Agiu de forma deliberada e consciente, sabendo que lhe podia tirar a vida”, disse o presidente do coletivo de juízes, adiantando que “a forma como desferiu o golpe, atirando depois a faca para o chão, é reveladora da intenção de matar”. O Tribunal não suspendeu a execução da pena devido “à gravidade” dos factos, aos “problemas de alcoolismo” da arguida e por considerar que “não manifestou arrependimento” durante o julgamento. O advogado de Defesa, Ricardo Galo, vai analisar o acórdão e admite apresentar recurso, tendo em vista uma “redução da pena” e a “suspensão da sua execução”. O crime ocorreu na casa onde a arguida residia com a vítima, em Amor, Leiria. O casal discutiu, ele deu-lhe uma bofetada e ela reagiu à facada.

Fonte: in site Correio da Manhã | Sábado

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s